Inovação Cidadã | Convocatória a colaboradores para desenvolver projetos no #LabICMx - Inovação Cidadã

Convocatória a colaboradores para desenvolver projetos no #LabICMx

Posted in - Cidadania & Cúpula & Inovação Cidadã @pt-pt en Sep 8, 2014 0 Comments

A Secretaria-Geral Ibero-Americana (SEGIB), através da iniciativa Cidadania 2.0, da Agencia Espanhola de Cooperação Internacional para o Desenvolvimento (AECID) e da Coordenação de Estratégia Digital Nacional do Gabinete da Presidência da República (México), organizam o Laboratório Ibero-Americano de Inovação Cidadã que, no âmbito da XXIV Cúpula Ibero-Americana de Chefes de Estado e de Governo, terá lugar de 24 de novembro a 5 de dezembro de 2014 na cidade de Veracruz, México.

Este laboratório, articulado pelo Cidadania 2.0, que faz parte do processo de Inovação Cidadã, contará com o apoio técnico do Medialab-Prado e com a colaboração do Governo de Veracruz, da Prefeitura de Xalapa, da Fundação Unidos em Red, doTelmex e da Universidade Veracruzana.

Nesta oportunidade, convoca-se para a apresentação de candidaturas aos colaboradores que desejem participar, envolvendo-se na conceção e prototipagem de novas ferramentas, plataformas e ações dos projetos de inovação cidadã selecionados na recente connvocatória para serem desenvolvidos durante o laboratório.

A metodologia do laboratório inspira-se no modelo desenvolvido pelo Medialab-Prado através do qual serão realizados protótipos de 10 projetos com a ajuda de equipas de trabalho constituídas pelos promotores dos projetos, um grupo de 80 colaboradores e o apoio de 4 mentores especializados. Os mentores serão:

Alexandra Ximenez

Organizadora y facilitadora de Startup Weekend. Ha escrito para diversos medios sobre tecnología y startups (PulsoSocial, Fayerwayer, Startupbuzz). Ha sido mentora y juez en diversos eventos de Startup Weekend y en GSY Malaysia 2013. Actualmente es Directora Editorial de Epic Queen, plataforma que promueve la participación de la mujer en la tecnología y la reducción de la brecha de género en todos los ámbitos.

Disfruta viajar, aprender nuevos idiomas y escribir.

Cinthia Mendonça

Vive y trabaja en Nuvem – estación rural de arte y tecnologia, hacklab rural dedicado al trabajo colaborativo en las artes, ciencias y tecnologías. Cursa actualmente un Máster en Artes Visuales en la Escuela de Bellas Artes da Universidad Federal del Rio de Janeiro donde participa del Nano – Núcleo de Arte e Novos Organismos. Investiga sobre el cuerpo, subjetividad, máquinas, dispositivos, aparatos y cosas. Graduada en Dirección de Escena Teatral por la Universidad Federal de Rio de Janeiro, está atenta a los procesos y los modos de hacer y su producción artística está marcada por la diversidad: performance, danza, teatro, intervención urbana y lenguajes tecnológicos. Es una de las mentoras del LabIC – Laboratorio de Innovación ciudadada, Vera Cruz, Mexico-2014.

Links: cinthia.mobi

nuvem.tk

Felipe González

Felipe González González (Bogotá, 1983)

 

Arquitecto colombiano residiendo entre Berlín-Bogotá. Desde el año 2008 hace parte de diversos colectivos vinculados a la transformación física y social del territorio a través de múltiples estrategias: encuentros colectivos multidisciplinares, talleres/proyectos de auto-construcción colectiva; talleres transversales –Academia/Comunidad/Profesionales/Colaboradores- y numerosas intervenciones del espacio público. Miembro activo de la organización ArquitecturaExpandida-AXP desde el 2010. Colectivo en el cual se viene desarrollando un proyecto alternativo de construcción de territorio y ciudad; nómada, articulador e inclusivo que congrega a comunidades y equipos trabajando en arquitectura, urbanismo, gestión cultural, diseño, artes o pedagogías a través de tácticas de autogestión con el objeto de desatar/potenciar procesos de desarrollo y transformación urbana, cultural y social.

 

felipegonzalez@arquitecturaexpandida.org

www.arquitecturaexpandida.org

Juan Manuel Casanueva

Juan Manuel es investigador y promotor de proyectos de TIC para el Desarrollo y Acción Social. Es fundador de la ONG SocialTIC A.C. dedicada al empoderamiento en el uso de tecnologías digitales para la acción social, transparencia y participación ciudadana. Juan Manuel ha liderado y asesorado proyectos de uso de TIC con diversos organismos internacionales y organizaciones locales latinoamericanas en temáticas de TIC para la transparencia y rendición de cuentas, incidencia cívica, participación ciudadana, datos abiertos, seguridad digital, derechos digitales, cultura abierta y ciudadanía digital.

Juan Manuel cuenta con estudios de maestría en ciencias en Gestión e Implantación de Proyectos de Desarrollo por la Universidad de Manchester con especialidad en Innovación Social y licenciatura en Ingeniería Industrial y de Sistemas por el Tecnológico de Monterrey Campus Estado de México. Cuenta con 15 de experiencia en el sector de la sociedad civil en ámbitos de desarrollo social, educación, medio ambiente y tecnología para el desarrollo. En el sector privado, fue consultor de estrategia corporativa, operaciones y gestión de procesos de negocio para Accenture.

Contacto: juan.casanueva@socialtic.org
TW: @jm_casanuev

Assim, abre-se este concurso a todos os interessados em participar como colaboradores nos 10 projetos selecionados que a seguir apresentamos:

1. BabyDuino

Nombre: BabyDuino
Descripción: BabyDuino é um kit de prototipado que se baseia em Arduino e ao que estamos adicionando diferentes funções. O objetivo de BabyDuino é fornecer um kit de investigação para monitorizar dados biológicos que são importantes para o bem-estar de um bebê, como por exemplo a temperatura corporal e ambiental, umidade,… entre outros. Este tipo de informação pode ajudar a identificar padrões relacionados com diferentes distúrbios do sono (apnéia), doenças do coração (relacionadas com a morte súbita),… o que pode chegar a salvar la vida de um bebê.
Perfil de colaboradores requeridos:
  • Pessoas criativas
  • Desenhadores industriais
  • Médicos

2. CHQ Electoral Colectivo

Nombre: CHQ Electoral Colectivo
Descripción: CHQ Electoral Colectivo, uma plataforma participativa para a abertura de dados e verificação de publicidades eleitorais e spots de campanha, tanto gráficas como audio-visuais.
O objetivo de CHQ Electoral Colectivo é que os cidadães possam enviar fotos de cartazes de campanha, links a spots de campanha e pedidos de verificaçao vía Twitter y Facebook, solicitando que se avalie a veracidade das afirmações feitas por candidatos políticos como parte das suas estrategias eleitorais. As publicidades enviadas serão verificadas pela equipe de Chequeado, com a participação dos cidadães que queiram participar fornecendo dados, e classificadas pela equipe de jornalistas de verdadeiro a falso, seguindo as categorias desenvolvidas (ver margem esquerda de www.chequeado.com).
No caso de Chequeado, a plataforma seria utilizada para monitorar em conjunto com o público a campanha presidencial de 2015. Otros meios de comunicação independentes e organizações pró-transparência em Iberoamérica poderão adotar a plataforma facilmente seguindo o método de verificação de Chequeado ou aplicando mecanismos de verificação coletiva como YouFact-check da organização de fact-checking europeia FactCheckEU. Em concreto, esperamos que possa ser replicado em 2015 para las eleições legislativas de México e as presidenciais de Argentina, Uruguay y Guatemala.
Perfil de colaboradores requeridos:
  • Dois jornalistas,, preferentemente com experiência em produção coletiva de conteúdos, jornalismo de dados e/ou verificação do discurso.
  • Um desenhador.
  • Dos desenvolvedores
  • Um especialista em redes e participação cidadã.
  • Interessados que sintam que tenham algo que contribuir com este projeto.

3. Compostino- Monitor de Composteira com Arduino

Nombre: Compostino- Monitor de Composteira com Arduino
Descripción:  Os resíduos sólidos são uma das grandes problemáticas de nossas cidades e se faz urgente uma melhor gestão e destinação final. Boa parte destes são os resíduos orgânicos, estes que são passiveis de reaproveitamento por via da compostagem, processo de transformação destes resíduos em adubo para ser utilizado em hortas e
jardins. Aqui em São Carlos, SP, Brasil, nós da Associação Veracidade temos como grande frente de trabalho a difusão de técnicas de compostagem e iniciamos a desenvolver em parceria com o Pontão de Cultura Nos Digitais e o pessoal da Nuvem-Estação Rural de Arte e Tecnologia o Compostino, um protótipo de aparelho de
monitoramento que utiliza arduino e sensores de metano, temperatura e umidade afim de obter dados referentes a alguns fatores ambientais da composteira.
Para um próximo protótipo podem ser avaliados outros fatores que possam ser julgados interessantes para aprimoramento do processo, utilizando novos sensores. A meta é produzir dados para a evolução até um sistema de regulação automática de fatores para otimizar o processo de compostagem para ser replicado em sistemas municipais ou em residencias. Pretende-se produzir para este novo protótipo um painel indicador das condições da composteira e conseguir que estes dados obtidos sejam transferidos via Wi-Fi ou armazenados em chip, além de produzir gráfico e planilha de atributos.
Perfil de colaboradores requeridos: O perfil esperado de colaboradores é que tenham conhecimentos sobre arduino e sua programação, conhecimento a respeito de compostagem e agricultura para encontrar as maiores necessidade de analise e também projetar quais os melhores resultados para o processo de compostagem. Certamente são bem vindas pessoas criativas que tenham experiencias artísticas e respeitem a natureza.

4. Hydroball

Nombre: Hydroball
Descripción:

Hydroball implementa uma tecnologia verde y eco-eficiente, que tem la capacidade de abastecer água por goteio para as plantas desde o ambiente, mediante la condensação de umidade presente no mesmo.
Para poder condensar a água se necessita um material termo-eléctrico com uma temperatura suficientemente baixa para que a agua passe do estado gasoso ao estado líquido, onde a temperatura da superfície do material termo-eléctrico no deve ser muito baixa para evitar sua congelação o que se considera suprimento extra de energia desnecessário para o sistema

O Hydroball compreende:
– Um compartimento para alojar no interior o material termo-eléctrico que condensará a água.
– Sensores de temperatura fria dentro do compartimento
– Dispositivo para o armazenamento da agua condensada.
– Sistema de abertura ou torneira para o abastecimento do líquido.

Perfil de colaboradores requeridos:
  • Técnico o engenheiro em electronica
  • Técnico o engenheiro de instrumentação e controle
  • Desenhador gráfico o tecnólogo em desenho de multimédia
  • Um biólogo o engenheiro ambiental
  • Um desenhador industrial ou desenhador de produto
  • Técnico ou profissional em desenho arquitectônico

5. Imaginario Inverso 0.1

Nombre: Imaginario Inverso 0.1
Descripción:

Imaginario Inverso 0.1 é um laboratorio de criação de tecnologias de redes alternativas onde se investigan protocolos físicos alternativos para a transmissão de dados. Ao invés de usar protocolos de ondas de radio-frecuências, como WiFi o Bluetooth, vamos investigar as possibilidades de transmitir dados usando transmissores de som, luz e lasers. Nesse sentido, o objetivo do projeto não é criar uma rede mesh de conteúdo independente da internet.

Usando tecnologias abertas queremos construir protótipos de comunicação que tenham como base as características próprias de cada tipo de transmissão, para recalcar usos mais poéticos e afetivos da tecnología. Por exemplo, podemos usar sons para transmitir dados entre dois teléfonos a uma curta distância, e assim gerar uma nova lógica de comunicação para estes dispositivos.

Propomos abrir uma discussão sobre as diferentes necessidades e usos de redes de comunicação, e trabalhar coletivamente para criar métodos de organização y transmissão de dados, onde se desenvolva a cooperação e a comunicação humano-humano.

Perfil de colaboradores requeridos: Para poder explorar as distintas maneiras de transmissao, seria ideal que participassem colaboradores que tenham alguma experiencia com programação ou eletrônica, ou com tecnologias web de front-end, mas também planeamos ensinar eletrônica y programação básica para que os colaboradores possam participar nas criações de redes e protótipos.Gostaríamos que participassem pessoas interessadas em discussões sobre redes abertas e usos de redes independentes de comunicação local.

6. Mapa Participativo

Nombre: Mapa Participativo
Descripción:

O Mapa Participativo é uma ferramenta de interação nova que equaciona os problemas apresentados por outras ferramentas de interação digital. O principal objetivo é desenvolver uma ferramenta que possibilite a inclusão social na discussão de políticas públicas. Por meio de catalisação da inteligência coletiva para fins de elaboração de leis, pretende-se desenvolver ferramenta em software livre que apresente navegação visual simplificada, facilite a identificação dos principais questões/ideias/argumentos em determinado tópico, simplifique a gestão e a sistematização dos conteúdos criados colaborativamente com a finalidade de torná-los mais efetivos. Não obstante o uso inicial nos parlamentos, a ferramenta auxiliará a realização de quaisquer debates virtuais, facilitando as atividades das comunidades de prática e outras organizações virtuais.

Perfil de colaboradores requeridos: Todos são bem-vindos para colaborar nesse projeto e precisamos, em especial, da ajuda de:o Cientistas da informação para auxiliar na análise da arquitetura da informação utilizada na ferramenta;o Programadores que saibam usar Python, Ruby, Rails, JQuery, Bootstrap3, PostreSQL, MySQL, MongoDb;

o Web designer para desenvolver a interface web da ferramenta que domine html, css, tableless design, wireframes, usabilidade, acessibilidade e UX em geral. Saiba utilizar o pacote Adobe (Illustrator, Photoshop, e InDesign). Conheça as tendências Flat UI design, Metro Style, Google Material Design.

7. Onodo – Plataforma abierta para la creación y visualización de información

Nombre: Onodo – Plataforma abierta para la creación y visualización de información
Descripción: Baseado na plataforma desenvolvida por Civio para o projeto Quien Manda, Onodo pretende ser um software aberto que facilite a visualização de informação relacional em diferentes áreas de trabalho. Sua aplicabilidade é muito variada e poderia ser útil para universidades, equipes de investigação de diferentes disciplinas, pequenos e grandes meios de comunicação, organizações da sociedade civil e grupos de cidadãos interessados ​​em disponibilizar a outros informações sobre redes de relações de uma forma clara, estruturada e verificável.
Pretendemos criar uma plataforma funcional que identifique e analise as relações em qualquer contexto, que seja replicável em outros países e línguas. Para isso, é preciso a participação e colaboração de pessoas que facilitem, desde o seu conhecimento, quais são suas necessidades específicas e desenhar de uma maneira conjunta quais são as soluções a implementar.
Perfil de colaboradores requeridos:
  • Jornalismo de dados, jornalistas de meios pequenos e médios
  • Ativistas e membros de movimentos sociais
  • Programadores de software e desenhadores gráficos
  • Investigadores acadêmicos de diferentes disciplinas, desde biologia à ciências sociais
  • Consumidores habituais de informação

8. Plataforma Abierta de Presupuesto Participativo

Nombre: Plataforma Abierta de Presupuesto Participativo
Descripción: A Plataforma Abierta de Presupuesto Participativo é um projeto colaborativo que tem como objetivo promover e trazer à cidadania o mecanismo de participaçao cidadã: pressuposto participativo. O objetivo é aproveitar as ferramentas tecnológicas gratuitas para concentrar e apresentar de uma maneira accessível a informação disponível sobre PP no México, e assim motivar o envolvimento dos cidadãos nos assuntos públicos.
Perfil de colaboradores requeridos:
  • Desenhadores
  • Programadores
  • Estadísticos
  • Sociólogos
  • Comunicólogos
  • Politólogos
  • Matemáticos

9. Sistema de Monitoreo y control de nutrientes (Nutamo)

Nombre: Sistema de Monitoreo y control de nutrientes (Nutamo)
Descripción: O Sistema de monitoramento e controle de nutrientes (Nutamo) é um projeto enfocado aos viveiros de hidroponia. Propõe-se como solução para facilitar o controle dos processos nos cultivos que utilizam técnica hidropônica e os fatores que afectam ao rendimento da solução nutritiva de maneira periódica. Este projeto consiste em criar um sistema para facilitar o controle e monitoramento dos nutrientes por meio de um sensor que estará na fonte de água com nutrientes (solução de nutrientes) de mais de 3 ou 4 adicionais distribuídos no viveiro, medirão a electro condutividade da solução, o seu pH, temperatura e o total de sólidos dissoltos. Em quanto o sensor detecte faixas que saim do estado ideal de algum destes 4 factores mandará uma sinal ao dosificador de nutrientes, que estará anexo à fonte de agua com nutrientes, para que dosifique ou agregue a quantidade de solução ótima para equilibrar a solução e manter as melhores condições para o cultivo.
Perfil de colaboradores requeridos:
  • Ing. Ambiental: Conhecimento em plantas e processos de cultivo além de como ter menor impacto no meio ambiente com o sistema que se quere construir com o fim de não afetá-lo.
  • Lic. QFB: Manejo e criação de sustâncias, soluções e minerais para hidroponia para um desenvolvimento mais eficiente de jitomato e alface.
  • Ing. Electrónico: Conhecimento e criação de sensores, construção de dispositivos electrónicos portáteis, compactos e inteligentes além de que permitam comunicar-se com uma computadora ou outro dispositivo.
  • Ing. Gestão Empresarial: Experiência/Conhecimento de manejo e recrutamento de pessoal, direção e controlo de processos de produção. Que seja líder, criativo e extrovertido.
  • Ing. Sistemas: Conhecimentos em programação, comunicação entre dispositivos por meio de SMS, internet ou numa rede local.
  • Lic. Administração: Manejo de contabilidade e finanças.
  • Lic. Publicidade e Relações Públicas: Marketing e publicidade.
  • Ing. Agrónomo: Especialista na manutenção e optimização dos cultivos.

 

10. Suelo, ciudad y alimento

Nombre: Solo, Cidade e Alimento
Descripción: O objetivo do projeto é ter uma ferramenta de baixo custo para avaliar a qualidade do solo em entorno urbano. É uma ferramenta para mapear lugares vazios e não urbanizados, cultiváveis, para lograr uma soberania e seguridade alimentaria. Para ter esta imagem global do solo urbano levaremos a cabo algumas provas. Estas provas (kit de solos) serão divididas em três “caixas” ou subconjuntos de provas, cada uma com as suas peculiaridades, vantagens e folha de instruções. As caixas consistem em provas qualitativas acessíveis e suficientemente sensíveis para a avaliação das propriedades do solo em lugares urbanos e peri-urbanos. A natureza complementar de cada prova ajudará aos cidadãos e científicos para obter uma compreensão global da saúde e os processos do solo dentro da cidade.
Perfil de colaboradores requeridos:
  • programador de php/mysql
  • ativistas
  • estudantes de secundaria de ciências do meio ambiente
  • agricultores e jardineiros experimentados locais
  • científicos do solo
  • cromatógrafo
  • pessoal de jardins botânicos

A inscrição é gratuita e estará aberta até domingo 28 de setembro de 2014.

Serão disponibilizadas 80 vagas para colaboradores, das quais 40 serão destinadas a residentes no México e 40 a pessoas de outras procedências da Ibero-América.

Para a seleção dos participantes, a organização avaliará o perfil dos candidatos, a sua experiência, disponibilidade e motivações para participarem no workshop.

O workshop terá lugar durante todos os dias e espera-se que os colaboradores participem tanto quanto possível. As principais datas de participação são as seguintes:

  • Chegada dos colaboradores a Veracruz, México: 22 de novembro de 2014
  • Apresentação de projetos e seminários a promotores e colaboradores: 23 de novembro de 2014 em Veracruz. México
  • Laboratório ibero-americano de inovação cidadã em Veracruz: de 24 de novembro a 5 de dezembro de 2014
  • Preparação final dos protótipos para exposição: 5 de dezembro de 2014
  • II Encontro Ibero-Americano de Inovação Cidadã: 6 de dezembro de 2014

>> Descarregar bases

>> Formulario de inscripção de colaboradores

 

Bases da Convocatória

Objeto da convocatória

O objeto deste concurso é a seleção de um máximo de 80 colaboradores para desenvolverem de forma colaborativa, num workshop de duas semanas de duração (24 de novembro a 5 de dezembro de 2014), projetos de inovação cidadã no âmbito da Cúpula Ibero-Americana de Chefas e Chefes de Estado e de Governo.

Entendemos a inovação cidadã como a participação ativa dos cidadãos em iniciativas inovadoras que procuram transformar a realidade social, a fim de alcançar uma maior inclusão social. Atualmente, é habitual que estas iniciativas sejam potenciadas pelas tecnologias digitais, o que permite que muitos coletivos tenham maior capacidade de auto-organização através de práticas colaborativas, trabalho em rede, e transferência de conhecimentos, ao mesmo tempo que facilitam um melhor aproveitamento da inteligência coletiva a nível tanto local como global.

Uma das formas de promover processos de inovação cidadã é através dos laboratórios cidadãos, espaços nos quais pessoas com diferentes conhecimentos e diferentes graus de especialização se reúnem para desenvolverem projetos em conjunto, explorando diferentes formas de experimentação e aprendizagem colaborativa.

Podem inscrever-se pessoas de maior idade, preferencialmente residentes ou nacionais de qualquer país da Ibero-América: Andorra, Argentina, Bolívia, Brasil, Colômbia, Costa Rica, Cuba, Chile, Equador, El Salvador, Espanha, Guatemala, Honduras, México, Nicarágua, Panamá, Paraguai, Peru, Portugal, República Dominicana, Uruguai ou Venezuela.

O papel dos colaboradores

O papel dos colaboradores no processo de desenvolvimento do workshop é fundamental. Os colaboradores terão a oportunidade de se unirem às equipas dos projetos que irão desenvolver as propostas selecionadas. Trabalhar num ambiente no qual há uma relação horizontal entre mentores, promotores, colaboradores e mediadores constitui uma oportunidade para a troca de conhecimentos reflexivos e para a aprendizagem teórica e prática, assim como para a possibilidade de trabalhar numa equipa multicultural com pessoas provenientes de toda a Ibero-América.

Para formarem parte das equipas de desenvolvimento, os colaboradores contribuem para o grupo de trabalho com conhecimentos especializados nas suas áreas e/ou interesses, podendo contribuir para o mesmo com as suas próprias ideias e conhecimentos e, ao mesmo tempo, aprender com o grupo e os assessores peritos.

Uma vez terminados os projetos, os nomes dos colaboradores aparecerão nas fichas técnicas dos mesmos, tal como o nome do proponente do projeto (primeiro o proponente do projeto e logo o nome dos colaboradores organizado por ordem alfabética). Igualmente, o Cidadania 2.0 e o Medialab-Prado farão a entrega a todos os participantes que o solicitem, de um documento que certifica a participação no workshop.

Metodología

Este workshop pretende ser uma plataforma de aprendizagem, investigação, produção e protótipos coletivos a partir da qual se apoie ao máximo o desenvolvimento dos projetos selecionados. As propostas serão desenvolvidas em grupos multidisciplinares de trabalho constituídos pelo autor/autores e pelos colaboradores interessados, com o assessoramento conceptual e técnico dos mentores, dos mediadores e dos assistentes.

A organização facilitará, na medida do possível, os meios necessários para a realização e documentação dos projetos selecionados.

Durante o workshop serão programadas diferentes atividades, tais como palestras, apresentações, seminários ou mini-workshops específicos.

As jornadas de trabalho serão adaptadas às necessidades particulares dos projetos, tendo em conta as atividades e os horários do centro onde se desenvolve o workshop (manhã e tarde).

Os participantes serão encorajados a elaborar uma documentação adequada dos projetos desenvolvidos, tanto durante o workshop como depois da sua finalização, e a publicar os resultados e o código fonte em licenças livres (por exemplo  Creative Commons) que permitam o acesso e a difusão do conhecimento produzido durante o workshop.

Antes de começarem a desenvolver o programa do workshop, os autores dos projetos selecionados e os colaboradores poderão estabelecer contacto através da Comunidade Virtual do Medialab-Prado. Esta é uma oportunidade para, num primeiro contacto entre colaboradores e promotores de projetos, poderem formular qualquer tipo de pergunta antes do workshop, e planificarem, caso necessário, qualquer trabalho prévio que se deva ir desenvolvendo para o projeto face ao workshop.

Língua de trabalho

O workshop será realizado em espanhol e/ou português, sem tradução.

Alojamento, viagens e alimentação

A organização cobrirá a estadia de todos os colaboradores não residentes em Veracruz e uma refeição por dia de 22 de novembro a 7 de dezembro de 2014 inclusive, a todos os colaboradores.

Os quartos, com o café da manhã incluído, serão compartilhados por um máximo de 4 pessoas.

Por seu lado, as despesas de viagem (deslocamento para Veracruz, México e regresso ao país de origem) serão custeadas pelo colaborador, o que significa que não serão cobertas pela organização. O financiamento da viagem a Veracruz e regresso à origem pode ficar a cargo do próprio colaborador, ou de alguma entidade pública ou privada que aceite financiar a sua deslocação (neste caso, o Cidadania 2.0 pode entregar ao colaborador uma carta certificando a sua participação no LabIC e apoiando o seu pedido de financiamento para a passagem)*.

Os transportes diários coletivos do hotel para o local do Lab e vice-versa, serão custeados pelos organizadores do evento, e estabelecidos pelos mesmos.

A organização sugere aos colaboradores selecionados que contratem por sua conta um seguro saúde e de viagem. Caso os colaboradores, dada a sua nacionalidade, disso necessitem, deverão igualmente informar-se sobre os requisitos para obter o visto para o México.

*No caso de uma entidade pública ou privada decidir financiar a deslocação do colaborador, o seu logótipo institucional poderá aparecer nos documentos, banners, roll-ups e restantes recursos gráficos e documentais, tanto do LabIC como do II Encontro de Inovação Cidadã que se realiza no quadro da XXIV Cúpula Ibero-Americana de Chefes de Estado e de Governo de Veracruz.

Inscripções e resultados

Todos os interessados em participar no workshop devem preencher e enviar o formulario de inscripção.

Prazo de apresentação: de 8 a 28 de setembro de 2014

Publicação dos resultados: 3 de outubro de 2014 na página web do Cidadania 2.0 e em comunicação direta via email com os colaboradores selecionados.

Difusão e continuidade dos projetos

Os trabalhos desenvolvidos serão publicamente apresentados pelos autores no último dia do seminário-workshop, assim como durante o II Encontro Ibero-Americano de Inovação Cidadã, no dia 7 de dezembro del 2014, em Veracruz, no qual também participarão os promotores e colaboradores.

Após a finalização do workshop, os protótipos desenvolvidos ficarão expostos ao público durante 15 dias nas instalações do laboratório.

Além disso, os participantes autorizam a que os projetos e/ou a documentação dos mesmos, se publique na páginas web dos organizadores

Durante o laboratório, o Cidadania 2.0 proporcionará alojamento web aos projetos selecionados que o solicitem, assim como as ferramentas e plataformas necessárias para gerir uma adequada documentação por parte dos participantes, tanto do processo, como dos resultados. Uma das ferramentas disponíveis será a plataforma de trabalho colaborativo do Medialab-Prado http://comunidad.medialab-prado.es/

Depois de realizados os protótipos dos projetos em Veracruz, o Cidadania 2.0 explorará as possibilidades de desenvolvimento e aplicação dos mesmos mediante a procura de patrocínios, crowdfunding, vias alternativas de financiamento ou da articulação com outros agentes.

Limitação de Responsabilidade

O Cidadania 2.0, o Medialab-Prado, a AECID e a CEDN, não são responsáveis pelo uso dos dados ou dos conteúdos que o participante possa vir a utilizar, assim como também não são responsáveis pelos direitos de autor ou por aqueles direitos que correspondam a terceiros nos termos das respetivas legislações.

Interpretação e modificação do Regulamento deste Concurso

Os organizadores poderão efetuar os esclarecimentos, modificações e interpretações que considerem pertinentes.

Todas aquelas circunstâncias não previstas no presente Concurso serão resolvidas pela organização.

As decisões, a classificação e os resultados serão incontestáveis.

 

A participação no presente concurso significa a aceitação do seu regulamento e dos termos e condições de participação no Laboratório Iberoamericano de Inovação Cidadã,

Perguntas frequentes

Quem é que pode participar como colaborador no workshop? 

Qualquer pessoa de maior idade, preferencialmente residente ou nacional de um dos 22 países ibero-americanos, que deseje trabalhar em grupo, contribuindo com os seus conhecimentos e ideias para o desenvolvimento de alguma das propostas selecionadas, ao mesmo tempo que aprende com o restante grupo e com os mentores do workshop.

 

O que é que este workshop oferece às pessoas que participam como colaboradores?

  • A possibilidade de participarem no primeiro Laboratório Ibero-Americano de Inovação Cidadã a realizar no quadro de uma Cúpula Ibero-Americana de Chefas e Chefes de Estado e de Governo
  • Um ambiente excecional e multicultural para a aprendizagem colaborativa
  • A inclusão dos seus nomes nas fichas técnicas do projeto desenvolvido
  • O Cidadania 2.0 e o Medialab-Prado farão a entrega de um documento comprovativo da participação no workshop àqueles colaboradores que o solicitem
  • A possibilidade de fazerem uma apresentação pública dos trabalhos durante o workshop
  • Muita diversão

 

Caso me inscreva como colaborador, a que é que fico comprometido?

Uma vez estabelecidos os grupos com os diferentes colaboradores, terá, relativamente ao grupo, o compromisso de desenvolver aquelas partes do projeto que tenham sido acordadas e que correspondam ao seu perfil e interesses.

Os colaboradores que contem com alojamento proporcionado pelos organizadores terão também o compromisso de assistir ao workshop e de colaborar no mesmo na medida do possível durante todos os dias da sua estadia.

Onde posso encontrar informação sobre os projetos nos quais se pode colaborar?

No resumo de projetos selecionados e na Comunidade Virtual de Medialab-Prado.

 

Como e quando é que se constituem os grupos de trabalho?

Os grupos de trabalho serão constituídos no final do período das inscrições, tendo em conta, em primeiro lugar, a preferência da pessoa inscrita por um determinado projeto, e, em segundo lugar, a pertinência do seu perfil para o projeto escolhido. No dia 3 de outubro de 2014, e uma vez terminado o período de concurso, os grupos definitivos serão publicados na página web do Ciudadania20.org.

 

Qual é o horário do workshop?

Trata-se de um workshop intensivo de produção sem um programa definido (exceto para algumas atividades concretas). Serão os grupos que decidirão os horários conforme as suas necessidades e disponibilidade. Serão também realizadas atividades improvisadas, tais como apresentações, mini-workshops, debates, performances e festas.

 

Posso escolher em que projeto quero colaborar?

Sim, são os colaboradores que decidem em que grupo de desenvolvimento querem colaborar.

 

Posso colaborar em vários projetos simultaneamente?

Sim, sempre que a sua disponibilidade de tempo e as necessidades dos diferentes projetos o permitam. De qualquer forma, recomendamos-lhe que se centre num único projeto. Doze dias passam a voar!

Posso participar se não tiver disponibilidade para estar as duas semanas no workshop?

Sim sempre que chegue a um acordo com o grupo, embora lhe recomendemos a maior dedicação possível durante as duas semanas, já que se trata de um workshop intensivo.

No caso de estar interessado em participar como colaborador/a, deverá inscrever-se através deste formulário antes do dia 28 de setembro de 2014

No caso de querer efetuar alguma pergunta, consulte a secção de perguntas frecuentes ou escreva-nos para innovacion.ciudadana@medialab-prado.es ou para info@ciudadania20.org

email

This post is also available in: ES

Please leave a Comment

Blue Captcha Image
Refresh

*

Uso de cookies

Utilizamos cookies propias y de terceros para realizar análisis de uso y medición de nuestra web para poder mejorar nuestros servicios. Si continua navegando, consideramos que acepta su uso. Puede cambiar la configuración u obtener más información aquí.

ACEPTAR
Aviso de cookies