Inovação Cidadã | CIVICS: o mapa que gera impato social - Inovação Cidadã

CIVICS: o mapa que gera impato social

Posted in - Cidadania & mapeamento innovação cidadã & Social Innovation en Jan 25, 2017 0 Comments

CIVICS é um mapa que gera impato social. É o primeiro mapa da inovação cidadã na Ibero-América que desde 2016 é impulsionado pelo Projeto de Inovação Cidadã da Secretaria Geral Ibero-americana junto com o Viveiro de Iniciativas Cidadãs [VIC].

A inovação cidadã é aquele processo que resolve problemas sociais com tecnologias (digitais, sociais, ancestrais) e metodologias inovadoras, através do envolvimento da própria comunidade afetada. Isto, representa que os cidadãos deixam de ser recetores passivos de ações institucionais, para passar a se converter em protagonistas e produtores de suas próprias alternativas.

Mapeamos mais de 4000 iniciativas em 20 cidades de 12 países Ibero-americanos, entre elas: Bogotá, Buenos Aires, Cartagena de Índias, Cidade de Guatemala, Madri, Manágua, Medelim, México DF, Montevidéu, Quibdó, Quito, Rio de Janeiro, São José de Costa Rica, Santos, São Paulo, São Salvador, Tegucigalpa e Saragoça. Cada iniciativa tem uma média de 5 participantes, o que faz um total aproximado de 20.000 pessoas que estão trabalhando ativamente na região.

As iniciativas mapeadas se categorizam em: Apoio mútuo e cuidados, Arte urbana, Ciência cidadã, Cultura livre, Direitos e igualdade, Ecologia urbana e consumo, Economia colaborativa, Educação expandida, Mediação e Facilitação, Mobilidade sustentável, Política e governo, Urbanismo e patrimônio.

O que é CIVICS?

É uma ferramenta digital de mapeamento em formato de agenda-geolocalizada onde encontrar toda a inovação cidadã que existe em nossas cidades, localizar seus eventos associados e participar nos mesmos. CIVICS é a ferramenta de mapeamento que tem mais informação condensada sobre a atualidade da inovação cidadã.

Através de CIVICS qualquer cidadão ou instituição pode tomar conhecimento de quais iniciativas cidadãs e iniciativas governamentais existem em um bairro e/ou cidade facilitando horários de seus eventos, página web, endereço de redes sociais, etc.

Os mapas em cada cidade iniciam com oficinas presenciais onde se convoca a “sociedade civil”, agentes tais como iniciativas cidadãs, empreendedores, plataformas de vizinhos, ativistas, desenvolvedores, artistas, etc., para que, durante a sessão, compartilhem entre si, os saberes e conhecimentos coletivos com o objeto de visibilizar e mapear aquelas iniciativas existentes em cada cidade, que posteriormente se refletirão digitalmente na plataforma  CIVICS para o uso e consulta gratuita e aberta de toda a comunidade.

Que benefícios gera CIVICS?

Às iniciativas cidadãs:

  • Visibilidade de suas atividades e projetos aos demais agentes.
  • Conexão com outras iniciativas de interesse similares.
  • Acesso ao canal de convocatórias do projeto de Inovação Cidadã (laboratórios cidadãos, residências de impato social, etc.) assim como de administrações públicas e instituições que apoiam CIVICS.
  • Possibilidade de acesso a espaços/instituições àquelas que tiverem as agendas próprias mais ativas.

Às administrações públicas:

  • Maior conhecimento do que está sendo realizado na cidade segundo temáticas de interesse, para o desenvolvimento de políticas públicas e programas de participação cidadã.
  • Maior difusão e especialização de suas convocatórias e chamados, mediante o canal de convocatórias.
  • Incorporação a suas próprias agendas (culturais, de inovação, etc.) algumas das atividades da agenda CIVICS.

Às entidades financiadoras:

  • Maior conhecimento específico das atividades, projetos e impato, de seus possíveis beneficiários.

CIVICS em 2017-2018

O projeto de Inovação Cidadã prevê 3 fases iniciais de execução para o mapeamento da Ibero-América mediante a plataforma CIVICS. Atualmente, finalizamos a primeira fase, e para as seguintes projeta-se mapear, pelo menos, 10 cidades em 2017 e outras 10 mais em 2018, alcançando um mínimo de 10.000 iniciativas. Além do mais, este ano, será somada a isto a ativação de uma agenda da inovação cidadã que gerará maiores conexões e benefícios às iniciativas participantes.

CIVICS apresentou-se em duas Cúpulas internacionais: a Cúpula HABITAT III da ONU, celebrada em Quito, Equador e a XXV Cúpula Ibero-americana de Chefes de Estado e de Governo celebrada em Cartagena de Índias, Colômbia, ambas as duas em outubro do presente ano de 2016.

CIVICS no: twitter e facebook

—-

As instituções que apoiaram CIVICS no 2016 são: AECID, Telcel, Unidos en Red, os Ministerios da Cultura da Argentina, Brasil y Colombia, Secretaria de Cultura do Estado do Rio de Janeiro, o Gobierno de la Ciudad de Buenos Aires, a Intendencia Municipal de Montevideo, El Archivo General de la Nación de Colombia, a Alcaldía de Cartagena de Indias, o Gobierno de la Provincia de Santa Fe por meio do SantaLab, o Ayuntamiento de Madrid por meio do Intermediae y Medialab-Prado, o Ayuntamiento de Zaragoza por meio do Zaragoza Activa, os Centros Culturais de Espanha na Costa Rica, El Salvador, Guatemala, Nicaragua, México, Tegucigalpa, o Centro de Formación de la Cooperación Española de Cartagena de Indias, o Intituto do Procomum, Rio Criativo, El Colaboratorio, e Njambre.

email

This post is also available in: EN ES

Please leave a Comment

Blue Captcha Image
Refresh

*

Uso de cookies

Utilizamos cookies propias y de terceros para realizar análisis de uso y medición de nuestra web para poder mejorar nuestros servicios. Si continua navegando, consideramos que acepta su uso. Puede cambiar la configuración u obtener más información aquí.

ACEPTAR
Aviso de cookies